< Voltar

Daniel Damiani, sócio da JK Capital, conversa com a Agência Estado sobre a aquisição de edtechs por empresas tradicionais de educação.

“Ao adquirir as startups, as empresas tradicionais tentam conquistar novos alunos e fidelizá-los, oferecendo soluções digitais com maior qualidade”, diz Daniel Damiani, sócio da JK Capital.

“Ao adquirir as startups, as empresas tradicionais tentam conquistar novos alunos e fidelizá-los, oferecendo soluções digitais com maior qualidade”, diz Daniel Damiani, sócio da JK Capital.